Pular para o conteúdo principal

Análise: Yu-Gi-Oh! Master Duel

(Imagem Ilustrativa.)

- Será que existe alguém nos dias de hoje que nunca tenha ouvido falar na franquia "Yu-Gi-Oh!"? É difícil até mesmo para os que não são fãs nunca terem ouvido falar dessa, que é sem sombra de dúvidas, é uma das franquias de card game mais famosas da atualidade.

- Hoje irei compartilhar com vocês um pouco da minha experiência com um dos jogos mais recentes da franquia, o "Yu-Gi-Oh! Master Duel", game que atualmente está me rendendo várias horas de gameplay no tempo livre.

Sobre o Jogo:

- "Yu-Gi-Oh! Master Duel" é um jogo de cartas e estratégia desenvolvido e distribuído pela Konami Digital Entertainment em 18 de janeiro de 2022 para as plataformas Nintendo Switch, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series, PC (Steam), Android e iOS.

- Começando por seu visual, tenho que admitir que finalmente a Konami resolveu investir algo a mais num dos jogos da franquia, pois neste quesito o jogo está visualmente muito bonito — Tanto as animações das cartas quanto de seus efeitos estão muito bem trabalhadas.

- E por falar em animações, o jogo conta com uma quantidade relativamente grande delas, mas não para todas as cartas, limitando-se até o momento a animar apenas os monstros áses de cada arquétipo, além de termos algumas animações para efeitos de cartas mágicas importantes, armadilhas poderosas e para efeitos em corrente.


- Um outro ponto a se destacar aqui, é que finalmente temos um modo história descente nos jogos da franquia, pois agora você tem a oportunidade de conhecer a história de vários dos arquétipos mais populares e importantes do jogo enquanto consegue diversas recompensas à medida que progride na lore.

(Captura de tela do Modo História do Legado Mundial.)

Gameplay:

- Como na maioria dos jogos da franquia, aqui podemos adquirir o conteúdo pagando com gemas (as moedas in game). Essas gemas podem ser compradas com dinheiro real através da loja do jogo ou adquiridas completando o modo história e participando dos duelos ranqueadas. Obviamente, se você quiser progredir rapidamente no jogo, será praticamente obrigado a pagar com dinheiro real pelas gemas para que possa montar um deck descente que te possibilite ascender aos níveis mais altos do competitivo, mas se você não é tão apressadinho assim, o jogo também conta com um sistema de fabricação de cartas muito melhor do que o apresentado no Duel Links, onde você pode desmantelar as repetidas para juntar o material necessário para criar qualquer uma das cartas que precisar para fortalecer o seu deck.

(Captura de tela da fabricação de cards.)

- Além de poder utilizar as gemas para comprar cartas, você pode optar por também embelezar o cenário onde está jogando, pois agora é possível comprar protetores de carta personalizados, campos de duelo, "colegas" aqueles monstrinhos em miniatura que ficam nas bordas do campo te dando um apoio moral, ícones, etc — Lembrando que até mesmo o passe de batalha pode ser adquirido com gemas, então sempre separe um pouco delas para essa finalidade.

- Agora que já expliquei como funciona para conseguir as coisas por aqui, vou explicar sobre os duelos. Neste jogo, não é utilizada a banlist do TCG e muito menos a do OCG, ou seja, ele conta com uma lista própria de banidas e limitadas. Este é um fato curioso que me chamou muito a atenção logo que entrei no jogo, pois achei que ele teria a opção de escolha das modalidades, onde você escolheria o modo que contasse com a banlist de sua preferência. Devo admitir que no começo é realmente estranho, mas com o tempo você se acostuma a utilizar essa banlist alternativa e ela acaba deixando de ser um incômodo.

- O jogo utiliza o formato tradicional de duelo, Master Duel, e não o Speed Duel ou Rush Duel, como acontecia em outros jogos da franquia coisa que a maioria dos jogadores desejavam e nivela os jogadores de acordo com suas classificações para que não enfrentem oponentes muito poderosos no início das partidas ranqueadas.

- Por último, mas não menos importante, é indispensável deixar de citar que o jogo está localizado em português, possui uma boa trilha sonora e é totalmente gratuito na eShop, o que amenizará ao menos um pouquinho os seus possíveis gastos in game.

O trailer de anúncio do jogo pode ser visto logo abaixo:



- A título de curiosidade, cheguei a testar a versão para PC (Steam) e tanto nela quanto na Nintendo Switch o jogo rodou perfeitamente bem, o único problema que tive, foi de conexão, não por que as partidas caiam, mas sim pelas famosas "travadinhas" que incomodavam um pouco quero acreditar que não era culpa da minha internet, mas que hoje já não costumam aparecer tanto.

- Se esta análise te ajudou de alguma forma, compartilhe com os amigos e deixe um comentário com a sua opinião sobre o jogo logo abaixo, pois ela é extremamente importante para nós!

- Para comprar o Nintendo Switch, basta clicar aqui;
- Para comprar os jogos, clique aqui;
- Para comprar outros produtos, clique aqui.
- Para promoções de jogos na eShop, clique aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sousou no Frieren: Mangá entra em hiato por tempo indeterminado!

- Segundo a edição mais recente da revista Shonen Sunday , o mangá Frieren e a Jornada para o Além ( Sousou no Frieren ) entrou em hiato, sem previsão de retorno. O premiado mangá é serializado desde abril de 2020 na revista Weekly Shonen Sunday , com nove volumes encadernados até então pela Shogakukan . - A título de curiosidade, a obra é escrita por Kanehito Yamada e ilustrada por Tsukasa Abe , além disso, já tem uma adaptação em anime anunciada para estrear este ano. No Brasil, o mangá é publicado pela editora Panini . Você pode conferir a capa do primeiro volume abaixo: Sinopse: A história depois de um grupo de heróis terem derrotado o Rei Demônio. Você acompanhará Frieren, uma elfa diferente dos seus três companheiros de viagem. Você verá o que ela viveu no mundo, o que ela sentiu depois da aventura ter terminado. E ainda, sua relação com os que ficaram e o que seria a oração para os mortos... “Essa história começa depois que a aventura termina”. “Uma fantasia pós-aventura que

Nintendo Switch: Como Solucionar O ERRO 9001-2470!

(Imagem Ilustrativa.) - Se você é dono de um Nintendo Switch, com certeza já passou por esse problema ou ficou sabendo de alguém que tenha passado em algum momento, não é mesmo? Pois bem, para você que ainda não passou por isso (como eu) e que ainda não sabe do que se trata, eu te explico. O erro em questão ocorre quando você tenta comprar um jogo, seja na eShop BR ou numa eShop gringa, utilizando um cartão de crédito. - A mensagem recebida pelos usuários que já relataram passar por esse problema, é:  " Código de erro: 9001-2470 Não é possível usar este cartão de crédito. " e como são muitas as pessoas tendo problemas com esse maldito erro, cá estou para tentar ajudar você a gastar seu suado dinheirinho com a Nintendo caso isso também esteja lhe causando transtornos. - Antes de mais nada, é importante ressaltar que a Nintendo já está ciente do problema e fornece ajuda aos seus usuários através do suporte online em seu próprio site oficial e que o problema não acorre somen

Tudo o que você precisa saber sobre os cartões Micro SD!

- Resolvi deixar um pouco de lado as notícias sobre games para ganhar uma quantidade razoável de tempo a mais para ser capaz de produzir alguma coisa que fosse útil a vocês para facilitar suas compras e evitar prejuízo comprando a coisa errada ou algo do tipo, então, cá estou para falar sobre os cartões Micro SD. Muita gente andou me perguntando como saber quais são os melhores para se utilizar nos nossos queridos consoles e eu não podia deixá-los na mão. - Pois bem, antes de mais nada, é preciso que você entenda o que significa o termo Micro SD e quais os tipos diferentes de cartões existentes, então, confira as informações abaixo: Micro SD (Secure Digital): São cartões que variam de 4MB a 2GB de capacidade; Micro SD HC (Secure Digital High Capacity): São cartões que variam de 4GB a 32GB de capacidade; Micro SD XC (Secure Digital Extended Capacity): São cartões que variam de 64GB ao infinito e além. *Na prática, isso serve para que você saiba identificar onde vai colocar o cartão,