Pular para o conteúdo principal

Kadabra volta ao Pokémon TCG após 20 anos!

- Depois de vários anos, ele está oficialmente de volta! Digo isso, pois, com a revelação de Pokémon Card 151 durante um campeonato ocorrido ainda neste ano de 2023 lá no Japão, a Pokémon Company apresentou a primeira carta do Kadabra em 20 anos — o novo set inclui ainda um Alakazam EX e também um novo Mew EX.

- A coleção em questão é uma expansão, semelhante a outras já lançadas, como: Battle Region, Dark Phantasm e Pokémon GO — As vendas no Japão já começam no dia 16 de junho de 2023. E como o nome sugere, o set trará os primeiros 151 Pokémon (a primeira geração), que virão na ordem da Pokédex, ou seja, Bulbassauro será a carta #001/165, e o Mew, #151/165.

Você pode conferir a arte das novas cartas da "família Abra" logo abaixo:


- Mas se você está perdido, sem entender nada, eu vou te explicar. Esse problemão todo aconteceu, porque na versão japonesa, o Kadabra se chama Yungerá (ユンゲラー), e tanto a pronúncia quanto a escrita em Kana desse nome pelos japoneses se assemelham ao nome do ilusionista Uri Geller, “Yuri Gerá” (ユリゲラー). E como se já não fosse o bastante, o Pokémon é do tipo psíquico e possui uma colher dobrada,  “marca” de Geller — E esses foram os motivos que levaram Geller a processar a Pokémon Company lá no ano 2000, alegando uso indevido de direitos autorais. Ah! Só um adendo, para quem não sabe, todos os Pokémon da “família Abra” são inspirados em ilusionistas e mágicos famosos! Mas aí o cara resolve processar a empresa ao invés de se sentir feliz com a homenagem, vai entender...

- Bem, mas aí você deve estar se perguntando no quê esse processo prejudicou o Kadabra, né? Bem, em função da disputa judicial, o personagem não aparecia em novas cartas do Pokémon TCG desde 2003, com Abra evoluindo direto para Alakazam ou a evolução final sendo uma carta básica, sem precisar dos estágios anteriores — o lançamento da expansão Skyridge, em 12 de maio de 2003, marcou a última vez em que o monstrinhos saiu numa carta oficial de TCG.

- Também vale lembrar que o pokémon também “sumiu” da franquia num geral: ele não aparece no anime desde o ano de 2005 e, a partir da 4ª geração (Diamond & Pearl), não é possível trocá-lo se tiver uma pedra de evolução, é preciso evoluí-lo para Alakazam.

- Fato é, que um dos diretores de animação da série, Masamitsu Hidaka, já confirmou em uma entrevista que o embate judicial foi o motivo de toda essa cautela envolvendo o pokémon Kadabra. Porém, para nossa alegria, os fãs da franquia nunca desistiram e sempre pediram para Geller esquecer este  processo e finalmente, em 2021, ele mudou de posição e, agora, Kadabra “retorna” de vez à franquia.

- Agora, quero saber o que você achou desta notícia, você sabia deste fato curioso? Me diga nos comentários, pois sua opinião é extremamente importante para nós!

Fonte: Jbox

- Para comprar o Nintendo Switch, basta clicar aqui;
- Para comprar os jogos, clique aqui;
- Para comprar outros produtos, clique aqui.
- Para promoções de jogos na eShop, clique aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sousou no Frieren: Mangá entra em hiato por tempo indeterminado!

- Segundo a edição mais recente da revista Shonen Sunday , o mangá Frieren e a Jornada para o Além ( Sousou no Frieren ) entrou em hiato, sem previsão de retorno. O premiado mangá é serializado desde abril de 2020 na revista Weekly Shonen Sunday , com nove volumes encadernados até então pela Shogakukan . - A título de curiosidade, a obra é escrita por Kanehito Yamada e ilustrada por Tsukasa Abe , além disso, já tem uma adaptação em anime anunciada para estrear este ano. No Brasil, o mangá é publicado pela editora Panini . Você pode conferir a capa do primeiro volume abaixo: Sinopse: A história depois de um grupo de heróis terem derrotado o Rei Demônio. Você acompanhará Frieren, uma elfa diferente dos seus três companheiros de viagem. Você verá o que ela viveu no mundo, o que ela sentiu depois da aventura ter terminado. E ainda, sua relação com os que ficaram e o que seria a oração para os mortos... “Essa história começa depois que a aventura termina”. “Uma fantasia pós-aventura que

Nintendo Switch: Como Solucionar O ERRO 9001-2470!

(Imagem Ilustrativa.) - Se você é dono de um Nintendo Switch, com certeza já passou por esse problema ou ficou sabendo de alguém que tenha passado em algum momento, não é mesmo? Pois bem, para você que ainda não passou por isso (como eu) e que ainda não sabe do que se trata, eu te explico. O erro em questão ocorre quando você tenta comprar um jogo, seja na eShop BR ou numa eShop gringa, utilizando um cartão de crédito. - A mensagem recebida pelos usuários que já relataram passar por esse problema, é:  " Código de erro: 9001-2470 Não é possível usar este cartão de crédito. " e como são muitas as pessoas tendo problemas com esse maldito erro, cá estou para tentar ajudar você a gastar seu suado dinheirinho com a Nintendo caso isso também esteja lhe causando transtornos. - Antes de mais nada, é importante ressaltar que a Nintendo já está ciente do problema e fornece ajuda aos seus usuários através do suporte online em seu próprio site oficial e que o problema não acorre somen

Unnamed Memory tem adaptação em anime anunciado!

-  Foi anunciado recentemente pela Kadokawa que a série de light novels " Unnamed Memory " ganhará uma adaptação para anime em 2023. Naturalmente, um trailer e mais detalhes foram revelados. - " Unnamed Memory " terá direção de Kazuya Miura (" Uzaki-chan Wants to Hang Out! "), roteiro de Deko Akao (" The Case Study of Vanitas "), design de personagens por Chika Nomi (" Kemono Michi: Rise Up ") e a trilha sonora está por conta de Akito Matsuda (" Sound! Euphonium "). O estúdio responsável é o ENGI . - A título de curiosidade, " Unnamed Memory " é uma série de light novels escrita por Kuji Furumiya , inicialmente publicada em 2008 de forma independente pela autora. Em 2012, ela começou a publicar a série no site Shosetsuka ni Naro e em 2019 os livros começaram a ganhar uma versão impressa pela Kadokawa . A série de light novels possui seis volumes ao todo e sua adaptação em mangá está em publicação desde 2020. -