Pular para o conteúdo principal

[Análise]: Top Racer Collection


- Já não sei quantos anos fazem desde que joguei um jogo de corrida pela última vez, mas confesso que fiquei extremamente animado ao jogar mais jogos do gênero após pôr as minhas mãos nesse clássico que chegou aos consoles modernos para fazer os nossos olhos brilharem com tamanha nostalgia! Porém, como de costume, gostaria de agradecer a QUByte Interactive por me fornecer uma cópia do jogo, por meio do PressEngine, e tornado essa análise possível. Dito isso, vamos ao que interessa, não é mesmo?!

Sobre o jogo

- Top Racer Collection é uma coleção que reúne em um só pacote os jogos clássicos de corrida Top Racer, Top Racer 2, Top Racer 3000 e o conteúdo exclusivo Top Racer Crossroads. A coleção foi desenvolvida e publicada pela QUByte Interactive para as plataformas Nintendo Switch, PlayStation 5, PlayStation 4, Xbox Series X|S, Xbox One e PC (Steam) no dia 7 de março de 2024.

- Começando pelos gráficos, a coleção de jogos manteve o visual clássico da era 16 bits, com alguns filtros para proporcionar uma experiência nostálgica. Já a trilha sonora, bem, dispensa apresentações, é simplesmente espetacular.


- Quanto à história, não há nada de novo, a coleção segue os mesmos padrões de jogos da época sem enredo definido, sendo necessário apenas ficar entre os três melhores colocados em cada prêmio para seguir a diante até completar todas as pistas.

Gameplay

- Naturalmente, por serem jogos de corrida, possuem ritmos acelerados, fazendo com que você (o piloto) tenha de prestar bastante atenção nos traçados das pistas ou nas placas laterais para antecipar curvas e não acabar batendo em alguma coisa ou mesmo sair fora do percurso. Também é importante dizer que é preciso ter um pouco de conhecimento estratégico nas corridas, pois em algumas delas você precisará abastecer o seu carro, mas num momento oportuno, para não acabar perdendo muitas posições.


- Nos dois primeiros jogos e no conteúdo especial, basta ter um pouco de habilidade e conhecimento estratégico para vencer as corridas, mas no terceiro jogo da série é preciso de um pouco mais de estratégia, visto que agora você precisaria ficar bem colocado nas corridas para ganhar uma quantidade satisfatória de dinheiro e equipar o carro para melhorar seu desempenho nas pistas.

- Além disso, a coleção possui menus completamente localizados em português e com visual repaginado, contando também com novas opções (Save States durante as corridas) e modos, como o "contra-relógio" e "copa personalizada", mas o destaque vai para o "modo online" (ambos os modos não existiam nas versões originais dos jogos).


- Por fim, mas não menos importante, temos o conteúdo exclusivo, Top Racer Crossroads. Este conteúdo nada mais é que o primeiro Top Racer com quatro novos carros: o Alpha, inspirado em um Dodge Viper, o Firma, vulgo Fiat Uno com escada no teto, o Carmin, que é conversível e brinca com o clássico veículo de Outrun, e o Twilight, que lembra uma Bugatti Veyron.

- No mais, não encontrei bugs ou quais quer outros tipos de problemas com nenhum dos jogos. Gostei da localização em português, do novo menu e novos modos, mas achei que o Top Racer Crossroads deixou um pouco a desejar, afinal, poderiam ter feito um jogo completamente novo ao invés de apenas adicionarem novos carros, mas essa é só a minha opinião. O conteúdo oferecido é enorme e com o modo online você terá horas e horas de jogatina.

- Vale lembrar que se você tem problemas com o espaço do seu Micro SDXC, saiba que ele ocupa apenas 1,2GB. Meu veredito? Posso dizer que VALE A MINHA RECOMENDAÇÂO. Agora, quero que me digam o que acharam desse jogo, pois sua opinião é extremamente importante para nós.

- Para comprar o Nintendo Switch, basta clicar aqui;
- Para comprar os jogos, clique aqui;
- Para comprar outros produtos, clique aqui;
- Para promoções de jogos na eShop, clique aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sousou no Frieren: Mangá entra em hiato por tempo indeterminado!

- Segundo a edição mais recente da revista Shonen Sunday , o mangá Frieren e a Jornada para o Além ( Sousou no Frieren ) entrou em hiato, sem previsão de retorno. O premiado mangá é serializado desde abril de 2020 na revista Weekly Shonen Sunday , com nove volumes encadernados até então pela Shogakukan . - A título de curiosidade, a obra é escrita por Kanehito Yamada e ilustrada por Tsukasa Abe , além disso, já tem uma adaptação em anime anunciada para estrear este ano. No Brasil, o mangá é publicado pela editora Panini . Você pode conferir a capa do primeiro volume abaixo: Sinopse: A história depois de um grupo de heróis terem derrotado o Rei Demônio. Você acompanhará Frieren, uma elfa diferente dos seus três companheiros de viagem. Você verá o que ela viveu no mundo, o que ela sentiu depois da aventura ter terminado. E ainda, sua relação com os que ficaram e o que seria a oração para os mortos... “Essa história começa depois que a aventura termina”. “Uma fantasia pós-aventura que

Nintendo Switch: Como Solucionar O ERRO 9001-2470!

(Imagem Ilustrativa.) - Se você é dono de um Nintendo Switch, com certeza já passou por esse problema ou ficou sabendo de alguém que tenha passado em algum momento, não é mesmo? Pois bem, para você que ainda não passou por isso (como eu) e que ainda não sabe do que se trata, eu te explico. O erro em questão ocorre quando você tenta comprar um jogo, seja na eShop BR ou numa eShop gringa, utilizando um cartão de crédito. - A mensagem recebida pelos usuários que já relataram passar por esse problema, é:  " Código de erro: 9001-2470 Não é possível usar este cartão de crédito. " e como são muitas as pessoas tendo problemas com esse maldito erro, cá estou para tentar ajudar você a gastar seu suado dinheirinho com a Nintendo caso isso também esteja lhe causando transtornos. - Antes de mais nada, é importante ressaltar que a Nintendo já está ciente do problema e fornece ajuda aos seus usuários através do suporte online em seu próprio site oficial e que o problema não acorre somen

Unnamed Memory tem adaptação em anime anunciado!

-  Foi anunciado recentemente pela Kadokawa que a série de light novels " Unnamed Memory " ganhará uma adaptação para anime em 2023. Naturalmente, um trailer e mais detalhes foram revelados. - " Unnamed Memory " terá direção de Kazuya Miura (" Uzaki-chan Wants to Hang Out! "), roteiro de Deko Akao (" The Case Study of Vanitas "), design de personagens por Chika Nomi (" Kemono Michi: Rise Up ") e a trilha sonora está por conta de Akito Matsuda (" Sound! Euphonium "). O estúdio responsável é o ENGI . - A título de curiosidade, " Unnamed Memory " é uma série de light novels escrita por Kuji Furumiya , inicialmente publicada em 2008 de forma independente pela autora. Em 2012, ela começou a publicar a série no site Shosetsuka ni Naro e em 2019 os livros começaram a ganhar uma versão impressa pela Kadokawa . A série de light novels possui seis volumes ao todo e sua adaptação em mangá está em publicação desde 2020. -